Solda por Punção Quente

O processo de solda por punção quente é constituído por um punção metálico com uma resistência instalada em seu interior com temperatura controlada, o punção se movimenta e encosta no pino a ser rebitado provocando o derretendo do pino e o conformando de acordo com a superfície da punção.

O Processo de Solda por Punção Quente é muito utilizado para trabalhar metal com termoplástico.

Tambem podemos ultilizar a tecnologia de punção quente para cortar peças.

Solda por Ar Quente

A tecnologia de Solda por Ar quente se resume na aplicação de um jato de ar quente direcionado em um pino plástico a ser rebitado.

O ar quente é aplicado por um determinado tempo até que o pino amoleça e depois é pressionado por um punção frio para sua conformação. Além do controle do tempo, é controlada também a vazão de ar para cada ponto.

O processo de ar quente não gera fumaça, não solta fiapos e é indicado principalmente em processos de rebitagem de lâminas metálicas em peças plásticas.

Os equipamentos de rebitagem por Ar quente e Punção Quente LS Control, são projetados e desenvolvidos de acordo com as necessidades específicas de cada aplicação.